Planeta destruido pode ajuda a prever o fim da terra

Planeta destruido pode ajuda a prever o fim da terra

Os recém descobertos restos de um planeta destruído pode saber o futuro da terra, diz um estudo da Universidade de Warwick, no Reino Unido.
Publicada em
Modificada em

De acordo com os resultados da pesquisa, publicado esta semana na revista Science, encontraram corpo parece ser o núcleo de um planeta cuja crosta foi rasgada pela intensa gravidade da anã branca que orbita, conhecido como SDSS J1228 + 1040.

O planeta destruído, que tem características semelhantes à terra, é rico em metais pesados como ferro e níquel, que pode ser o que o ajudou a sobreviver a destruição do seu sistema planetário.

O consenso geral é que de 5000 a 6000 milhões de anos a partir de agora, nosso sistema solar será uma anã branca, ao invés do sol, orbitado por Marte, Júpiter, Saturno, planetas exteriores, assim como também por asteroides e cometas", de acordo com Christopher Manser, Chefe da equipa de astrónomos, responsável pela investigação, segundo a qual os restos de um planeta destruído permitem conhecer o futuro da terra.

Dois meteoritos de milhões de anos no México podem revelar a origem do sistema solar, os planetas e suas composições.

FONTE: Radiation in a crematorium traced back to a human body